//
você está lendo...
Matérias Publicadas

Proposta incentiva instalação de coletor de lixo eletrônico em escolas

Proposta incentiva instalação de coletor de lixo eletrônico em escolas

Dep. sueli vidigal
Sueli Vidigal: é importante conscientizar os jovens para o descarte responsável de pilhas, celulares, tablets.

As escolas públicas e privadas poderão ter postos de coleta seletiva de lixo eletrônico de pequeno porte. A medida está prevista no Projeto de Lei 6896/13, que altera a Política Nacional de Educação Ambiental (Lei 9795/99)

De autoria da deputada (PDT-ES), o texto determina que cabe ao Poder Público, em níveis federal, estadual e municipal, incentivar a coleta de lixo eletrônico de pequeno porte em todas as escolas públicas e particulares do País.

A deputada afirma que é importante conscientizar os jovens para o consumo sustentável e para o descarte responsável após o uso de produtos como pilhas, celulares, tablets, entre outros, cujo consumo cresce em todo o mundo.

Crescimento
Sueli Vidigal lembra que o número de telefones celulares ativos no Brasil atingiu 267 milhões no fim de julho de 2013.

No mundo, conforme assinala Vidigal, o estudo Maximizando o Acesso Móvel para o Desenvolvimento, realizado pelo Banco Mundial, mostrou crescimento dos lares com telefonia móvel de 59% para 92% entre 2005 e 2011.

Em relação aos tablets, a autora afirma que o Brasil também figurou entre os 10 países que mais adquiriram o produto em 2012. “Só no terceiro trimestre daquele ano, as vendas chegaram a 770 mil aparelhos, um aumento de 127% em relação ao mesmo período em 2011”, acrescenta.

Tramitação
O projeto tramita em conjunto com o PL 7808/14, do deputado Márcio Macêdo (PT-SE), que determina a instalação, pelos estabelecimentos de ensino da rede pública e privada, de postos de coleta de lixo eletrônico.
As propostas foram encaminhadas às comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; de Educação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania para análise conclusiva.

Íntegra da proposta:

Anúncios

Sobre reciclandosaberes

O projeto objetiva selecionar 20 (vinte) trabalhos sobre a “Política Nacional de Resíduos Sólidos”, a serem apresentados em Feiras de Ciências, de Conhecimento ou similares, para receberem o “Prêmio Reciclando Saberes: os resíduos sólidos no Recife”, além de 5 (cinco) bolsas de iniciação científica júnior dentre estes trabalhos. Realização: Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), mediante o Núcleo Multidisciplinar de Pesquisa em Direito e Sociedade-NPD, com financiamento do CNPq/Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nosso Conteúdo

Follow Prêmio Reciclando Saberes on WordPress.com
%d blogueiros gostam disto: