//
você está lendo...
Matérias Publicadas

Comissão aprova projeto que reforça proibição de descarte de lixo nas ruas

Comissão aprova projeto que reforça proibição de descarte de lixo nas ruas

Andre de Paula
André de Paula: apesar das campanhas educativas, as pessoas continuam colocando lixo nas ruas.

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados aprovou nesta semana proposta que reforça a proibição de descarte de lixo em locais públicos. A medida está prevista em substitutivo do deputado André de Paula (PSD-PE) ao Projeto de Lei 5089/13.

O texto original do projeto, da deputada Liliam Sá (Pros-RJ), previa uma lei para proibir as pessoas de jogarem lixo em praias, rios, rodovias, ruas e praças. O texto também autorizava as prefeituras a estabelecerem multa para quem descumprisse a determinação. O valor arrecadado deveria ser aplicado em limpeza urbana.

No entanto, André de Paula argumentou que parte dessa proposta já consta da lei que criou a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/10). Diante disso, o deputado preferiu apenas alterar a legislação atual para reforçar a ideia de que é proibido o descarte de resíduos em ruas, praças, parques, áreas protegidas e demais logradouros públicos.

“É um projeto importante por vir ao encontro de uma preocupação crescente na comissão e na sociedade. Apesar das campanhas educativas, as pessoas continuam colocando o lixo nas ruas, nas praias e nas praças de forma inadequada e descuidada”, disse André de Paula. “Isso acarreta uma série de transtornos, que vão desde a saúde pública até a questão de segurança porque, quando chove, o lixo se acumula e traz transtornos com decorrência na segurança pessoal do cidadão.”

Fiscalização
Apenas a deputada Maria Lucia Prandi (PT-SP) votou contra a proposta. Ela argumentou que as proibições já estão presentes na Lei de Resíduos Sólidos e que bastaria fazer, agora, campanhas de conscientização junto à população e cobranças de mais rigor de fiscalização das prefeituras. “Na verdade, essa lei já existe com toda essa proibição. Entendi que [a proposta] seria inócua, uma vez que já existe essa regulamentação”, disse.

Tramitação
O projeto tem tramitação conclusiva nas comissões. Se também for aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara, poderá seguir diretamente para a análise do Senado.

Íntegra da proposta:

Reportagem – José Carlos Oliveira
Edição – Pierre Triboli
Anúncios

Sobre reciclandosaberes

O projeto objetiva selecionar 20 (vinte) trabalhos sobre a “Política Nacional de Resíduos Sólidos”, a serem apresentados em Feiras de Ciências, de Conhecimento ou similares, para receberem o “Prêmio Reciclando Saberes: os resíduos sólidos no Recife”, além de 5 (cinco) bolsas de iniciação científica júnior dentre estes trabalhos. Realização: Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), mediante o Núcleo Multidisciplinar de Pesquisa em Direito e Sociedade-NPD, com financiamento do CNPq/Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nosso Conteúdo

Follow Prêmio Reciclando Saberes on WordPress.com
%d blogueiros gostam disto: